Vem aí o 3º Encontro Nacional da AMERI!

Relações Internacionais e o povo negro: luta e resistência

Primeiramente, fora Temer!

É diante de uma conjuntura política nacional bastante complexa, em que nós estudantes nos vemos particularmente afetados(as) com os cortes na área de Educação e o aumento da repressão a qualquer atividade de oposição ao sistema, que a Articulação do Movimento Estudantil de Relações Internacionais – AMERI – realiza seu 3º Encontro Nacional, de 23 a 25 de setembro, na UFABC.

O ponto de partida para a discussão desse Encontro será a Década Internacional dos Afrodescendentes (resolução 68/ 237), proclamada pela Assembleia Geral da ONU para o período de 2015 a 2024. Trata-se de uma iniciativa de promoção de “reconhecimento, justiça e desenvolvimento” para os povos afrodescendentes, a partir da formulação de políticas públicas de combate ao racismo, discriminação racial, xenofobia e intolerância enfrentados pela população negra no mundo.

Nos últimos meses, as recentes denúncias de movimentos como “Black Lives Matter” evidenciam que a violência contra o povo negro ultrapassa as fronteiras nacionais e que é urgente a necessidade de se colocar o racismo enraizado no sistema em pauta na agenda internacional.

No Brasil, vivemos uma realidade em que, dos 30.000 jovens vítimas de homicídio por ano, 77% são negros. Como se isso já não bastasse, a violência policial contra a população negra no país aumenta com a realização de grandes eventos internacionais. Segundo dados da Anistia Internacional, mais de 2.500 pessoas foram mortas pela polícia na cidade do Rio de Janeiro desde sua escolha como sede dos Jogos Olímpicos.

Nas universidades, apesar da expansão do ingresso de jovens negros e da periferia no ensino superior, sua permanência se mostra extremamente fragilizada, uma vez que os recentes cortes do governo federal e de governos estaduais na área de Educação recaem sobretudo nas políticas de assistência estudantil, tais como bolsas permanência, moradia estudantil e creches universitárias.

A realidade da composição social e racial das universidades públicas do país reflete diretamente no tipo de conhecimento produzido na academia. Hoje, nos cursos de Relações Internacionais do Brasil, vemos o predomínio do pensamento eurocêntrico e da valorização das teorias mainstream de RI, as quais não fornecem interpretações para nossa realidade enquanto país latino-americano, que passou por um processo de colonização e escravidão e que até hoje assiste ao genocídio da juventude pobre e negra. Além disso, não há representatividade no corpo docente, não só nos cursos de Relações Internacionais, mas também nas Universidades como um todo, sendo composto em sua maioria por uma elite intelectual branca.

Dentro e fora das universidades, o racismo se mostra latente e urge a necessidade de se debater sobre a violência cometida contra a população negra no mundo. Neste Encontro, pretendemos discutir sobre essas questões e pensar como podemos intervir nessa realidade a partir do que vivenciamos e estudamos nos cursos de Relações Internacionais.

“Nossa, que incrível, quero ir!”

O processo para inscrições está detalhado nesta página.

Gostou da ideia e vem ao III Encontro da AMERI? Então ajude a mobilizar as e os colegas de curso e divulgue para as pessoas de RI de outras universidades! Gostou da ideia mas não vai poder vir? Ajude-nos a divulgar mesmo assim!

Entre em contato com seu Centro Acadêmico e organize xs estudantes para o Encontro.Se precisar, converse com a Coordenação Nacional através do e-mail americoord@gmail.com ou mande um inbox para a página da AMERI.

Iremos divulgar informações sobre o Encontro aqui no site, no evento e também na nossa página no Facebook, então nos curta lá e fique atentx!

A programação do Encontro pode ser conferida aqui

Nos vemos em breve!

Veja a Carta Final do III Encontro Nacional da AMERI aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s